Blog‎ > ‎

Diabetes tipo 2 e os problemas relacionados a visão

postado em 11 de set de 2018 04:39 por Tiago Morandi

Não cuidar dos níveis de glicose no sangue, por meio de medicação, dieta e exercícios físicos, pode, a longo prazo, trazer prejuízos também à visão do diabético tipo 2. E os números são alarmantes, já que cerca de 40% das pessoas que sofrem com a doença, desenvolveram alterações oftalmológicas.

Um dos sintomas mais comum do diabetes quando o assunto são os olhos é a visão turva. A quantidade excessiva de glicose no sangue causa um inchaço do cristalino (lente do olho), o que faz mudar a sua forma e flexibilidade, diminuindo a capacidade de foco. Por isso, a visão embaçada. Quando o diabetes está controlado, a visão volta ao normal.

E os problemas podem envolver o glaucoma, a catarata e a retinopatia. De acordo com informações do site da Sociedade Americana de Diabetes, pessoas com diabetes tipo 2 são 40% mais propensas a sofrer de glaucoma do que aquelas sem a doença. Além disso, quanto mais tempo os níveis de açúcar no sangue estão descontrolados, maiores as chances de desenvolver o problema oftalmológico.

O descontrole do diabetes tipo 2 também pode afetar a retina que, a longo prazo, desencadeia a chamada retinopatia diabética e pode chegar a afetar a visão. A retina é a camada do olho que converte a luz em sinais elétricos. Esses sinais são enviados para o cérebro, que transforma-os nas imagens que vemos.

A retina precisa, constantemente, do fornecimento de sangue, recebido através de uma rede de vasos sanguíneos minúsculos. Ao longo do tempo, com o nível de açúcar sempre elevado no sangue, esses vasos sanguíneos podem ser prejudicados, passando por três etapas:

  • Retinopatia de fundo: minúsculas protuberâncias desenvolvem-se nos vasos sanguíneos, que podem sangrar um pouco, mas geralmente não afetam a visão.
  • Retinopatia pré-proliferativa: alterações mais graves nos vasos sanguíneos, incluindo sangramento mais significativa para o olho.
  • Retinopatia proliferativa: novos vasos sanguíneos são desenvolvidos na retina. Porém eles são fracos e sangram facilmente. Isso pode resultar na perda de visão.

O lado positivo é que, se o problema for detectado cedo, as chances da retinopatia agravar são quase nulas. Por isso, procure o seu médico caso perceba alguma mudança na sua visão. E, lembre-se sempre: com o diabetes controlado, a sua vida estará muito mais segura e saudável.



Comments